Vambora

Quem é que te privou do sonho,
que te desanimou um tanto,
quem te fez perder o brilho,
a cor, o tom, o som, a música?

Quem ou o quê, me diga, você!
Foi capaz de esvaziar seus projetos,
parar seu entusiasmo, sua alegria…

Qual sistema, qual forma de organização
desgovernou seus objetivos, quem te fez
perseguido pelo desânimo, pelo fracasso?

Quem é te desfez o direito à felicidade,
tirou o sorriso que você tinha,
tão lindo, tão cheio de vida?

Se for a conta, pague.
Se for o relógio, pare.
Se for o ódio, ame.
Se for decepção, ampare.
Se for o dinheiro, guarde.
Se for a paixão, termine.
Se for a opinião, surdo.
Se for compaixão, muda.
Se for o cansaço, fale.
Se for trabalho, serve.
Se for oração, prece.

Quem é que te deixou de cabeça baixa, ergue!
Você não sai de casa para ser plebe,
foi-se o tempo em que o humano
comprava e vendia o humano.
Se não fisicamente, agora então, menosQ

Menos entrega, menos derrota,
menos julgamento, menos portas fechada.

Sê você e se comporta
como você foi feito pra ser
e incorpora!

O poder que você tem, e jogou fora.
Não deixa ninguém te ditar a vida torta,
você sabe a reta. Pega a reta, a minha mão
e vambora!

Oração de amor

Hoje os meus anjos da guarda
foram dispensados do seu serviço habitual
porque eu estou cercado e protegido pelas esferas superiores

Por um mero pedido do Altíssimo
meus amigos foram para uma missão especial,
atendendo aos seus pedidos de oração

Você que pediu força, paciência, pediu saúde,
pediu dinheiro, pediu clemência, pediu saída,
pediu conforto, pediu, ainda, socorro;
você que pediu compaixão, pediu consolo,
pediu carinho, pediu amigo, que cessasse o choro

Toma emprestado, toma meu cuidado,
mesmo afastado, seu próximo porto;
estou em outra dimensão, outro local,
tenho outra energia, meu guia espiritual
me fez um pedido considerável…

Que eu ficasse calado, parado,
seria eu guardado e protegido
para que os meus aliados fossem atender
a uma prece sincera que você fizera ao Pai

Não dando conta, os seus amigos de outras vidas,
aqui da Colônia, cada um cedeu o que podia,
uns energias, outros a oração, generosidade e boa-fé

Um seleto grupo que te ama, emprestou a própria energia
que o envolve e o protege agora, nada mais são – não se espante –
que anjos auxiliares, milhares, milhares!

Pararam perto, bem próximo, enquanto você ora,
enquanto você sonha, enquanto você pede,
tudo tem mudado, seu corpo, sua mente, seu espírito,
tudo ficou fluido e líquido de energia, de cuidado, de amor

Tem continuação

Aquele par de canetas que você me deu,
ou aquele DVD que não toca mais por medo,
por medo da memória que o refrão vai me lembrar,
ou aquela camisa que hoje aperta o peito,
o nosso amor azul virou esferográfico preto

Nem vou falar do nosso artista favorito,
ou da emoção de encontrar você sem combinar,
o filme que a gente não terminou de assistir,
de tão ruim nos fez rir – de chorar – o dia inteiro

São essas pequenas coisas, as grandes coisas
que me marcam tão profundamente,
os seus presentes do passado que caminham comigo,
lembrando que a gente continua unido no futuro
mesmo sem nos vermos

São fotos que a gente tirou e eu já retirei
do plano de fundo do celular para não admitir
que o pano de fundo da minha vida é você

Não tenho mais seu número na agenda,
mas, se eu tiver uma recaída,
ou uma dor forte de saudade for contraída,
eu ainda sei discar, sei falar seu nome completo,
e mesmo que não esteja perto, sei sua data de nascimento,
seu signo e ascendência, mesmo que os amigos me digam
que perdi a decência, minha consciência ainda diz
os planos que eu fiz, ainda precisam de conclusão

Esse amor é uma confusão sem sentido,
eu sei que sofro e vivo um vício
feito peça de teatro que cancelamos de última hora

É próprio de quem sente que a palavra dita da boca pra fora,
a alma não registra, que você foi embora, porque tudo ficou,
permaneceu, dilacerou

Em memória fotográfica, não adianta rasgar camisa,
guardar em caixas os enfeites de decoração,
o elefante que fica na estante me lembra:
as coisas queimam em física,
mas, a nossa história tem continuação.

Estabilidade espiritual

Não precisa testar minha fé
para ter a certeza de que eu confio em Deus.
Pare de provocar o próximo, testando a paciência
pois, Cristo também se irritava com causas injustas

Nós não vamos admitir perturbação da paz
porque isso desequilibra a energia do mundo,
não dá mais para banalizar o livre arbítrio
com seu cinismo, com a sua perseguição

Protegeremos tanto quanto for possível
o seu dito inimigo que nada te fez.
Acalma o seu pensar odioso
que um Deus glorioso anda junto com o justo
e fiel fervoroso

Porque aquele que crê em prática,
abarca a Palavra na intimidade,
mesmo que erre no conjugar dos termos,
a vida, em zelo, abençoa

Mais vale o caminho certo, duvidoso,
guiado pelos dois mundos unidos
do que aquele próspero de uma via só,
que dura pouco.