Fugindo do tédio

Quando o tédio de ficar em casa sem fazer nada cansa,
gosto de pegar um pedaço de papel, uma boa caneta,
organizar as idéias e me imaginar fora desse lugar chato.
Viajo pelos melhores países, os melhores parques,
vejo os melhores rios e sou abençoado com o pôr-do-sol
de vários mares.
Conheço culturas diferentes, famílias diferentes,
crenças diferentes e vivo momentos totalmente diferentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.