Pensamento interrompido

Sozinho nessa sala vazia,
Sem ninguém
E esse sentimento que me arrepia,
Acompanha-me noite após noite e dia após dia.
Deixo a imaginação rolar,
E cada coisa nesse lugar me faz rimar,
Até que pessoas comecem a entrar,
E cortam o pensamento presente no ar.
Gente falando de mais, um alvoroço,
Uma gritaria sem fim,
E por isso não consigo mais pensar,
Deve ser a hora de essa poesia acabar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.