Saudade de você

Monitoro minha conduta perto de você,
tento calar os meus impulsos, mas não consigo em certos momentos.
Tem vezes que o que me falta é pular nos seu braços,
mas isso infelizmente não é mais permitido.
Não é mais permito ter o seu carinho,
ver o seu rostinho, nem nada.
Estou longe de casa, sozinho,
por fora me faço de forte para que não notem o meu desespero,
mas por dentro estou morrendo de medo.
Medo de um mundo que não conheço,
sombrio, vazio, sem ninguém por perto,
sem ninguém amigo.
Pior que não posso voltar,
fui mandado para esse lugar e não posso mais retornar.
Deportado.
Agora só me basta sonhar com os momentos felizes que passei junto com você,
porque por aqui começará a fase do sofrer.

2 comentários sobre “Saudade de você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.