Menino-Criança

Menino pequeno,
menino-criança,
menino-garoto,
livre de lembranças.

Menino ingênuo,
menino sereno
das maldades avulsas desse milênio.

Criança sem falsidade,
faça  a sua parte
para um país diferente.

Perdoe os homens,
já não crianças,
que entregaram à lembrança
a imagem de um mundo melhor.

Perdoe os homens, menino-criança,
por não terem esperança
que tudo dará certo.
Perdoe nossa ignorância
de achar que somos melhores,
e que vocês,
piores, só porque viveram menos.

Na verdade você sabe mais que nós,
pois acabaram de chegar ao mundo
com novas instruções de Deus,
que a gente, homem-burro,
já esqueceu…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.