A viagem do andarilho

Não, não diga nada
o seu silêncio é perfeito.
Não, não abra a boca,
eu quero caminhar
em ilusões e novos desejos.

Não, não faça gestos,
eu quero você parada
para reparar no seu corpo inteiro.

Mas não, não chora
estou indo,
mas logo venho embora
e não, não me siga
eu não vou conseguir dizer
que você não pode vir comigo,
posso não estar chorando agora
mas minha alma agoniza…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.