O feitiço

Ela pensou que eu fosse um idiota
bem, eu fui, hoje não sou mais.

Ela pensou que poderia fazer tudo comigo
enfim, ela pôde, mas hoje não faz mais.

Ela quis que eu a amasse a força,
bem, amei, enfeitiçado por sua beleza
a beijei, amei, aproveitei e desfrutei.

Hoje já me libertei,
não sei o porquê,
mas acordei.

Hoje já não me engano mais,
já nem a olho mais nos olhos
para evitar o feitiço maldoso,
complicado e perigoso,
que nos deixa amarrados
um no outro,
denominado amor.

Um comentário sobre “O feitiço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.