Amigos por tinta

Domingo, numa noite chuvosa

A você,

Eu só quero que saiba que você tem feito muito por mim mesmo sem perceber, só quero que saiba o quão é importante na minha vida, foi com você que amadureci em poucos meses o que levaria anos se não tivesse te encontrado.

Eu sei que errei e ainda erro com você, que alguns conselhos que te dei, embora fossem a meu ver, naquela época, bons, hoje, já com outra percepção dos fatos, percebo que te prejudiquei e muito, mas nunca foi essa a minha intenção.

O que mais admiro em você é o incrível sentimento de perdão que supera todos os seus defeitos, essa sua visão no futuro, de que não valeria a pena uma discussão – mesmo com todos os motivos pra isso – e a maravilhosa oportunidade de saber, algumas vezes, que tenho também um peso positivo na sua vida.

Eu zelo por toda a nossa amizade sincera, pois cada palavra que já te disse não foi em vão, cada alerta que dei sobre algum assunto – mesmo que não fosse da minha conta – tudo isso, foi e sempre será pra te proteger, não que você não saiba se cuidar, não é isso, mas não gosto de ver as pessoas que estão ao meu redor sofrer.

Envio-te essa carta para que saiba os seus verdadeiros valores pra mim, e que mesmo nunca tendo te visto na vida, mesmo só por troca de cartas, eu quero ter você me aconselhando e me mostrando qual é o melhor caminho a seguir, mesmo sem saber seu verdadeiro nome, ou até mesmo seu sexo, por muitos e muitos anos.

4 comentários sobre “Amigos por tinta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.