Comigo, aprendeu a lição

“Já vou dizendo de antemão
Se eu encontrar com você
Tô com três pedras na mão”

“Atirei uma pedra na sua janela”
Não sei o que me deu
se foi raiva ou impulso
de te fazer sofrer como sofri…
“E logo correndo me arrependi”

“Atirei outra pedra na sua janela
Uma que não fez o menor ruído”
mas eu queria que tivesse feito, por mim,
porque minha vontade de gritar era tão grande
que não me contive, queria te destruir

Você me usou, enganou e jogou fora
esqueceu de um detalhe
eu não suporto ser mandada embora

Quis me vingar tamanha a raiva que senti
“Aí nem precisava mais de pedra”
meu coração se transformou em uma
que queria seu sangue a qualquer custo

Maldito, maldito
puto, usou,
esqueceu quem eu era
agora já era
comprou uma guerra

Saiba que não vou te deixar em paz
isso que você fez, com uma mulher não se faz,
pelo menos comigo não,
e vou fazer você não esquecer disso jamais

Vou ficar no seu pé
verá que sou uma mulher diferente
e não uma qualquer
vou te mostrar o valor
que tenho

Sua vida será um inferno até quando eu disser:
Esse homem já pagou pelos pecados
por ter maltratado o coração dessa dama
agora já posso deixar essa pobre alma em paz
porque ele não sabe nem o que faz

O trecho entre aspas é de:

Música: É mágoa
Cantora: Ana Carolina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.