O curandeiro

Quando estou triste
procuro Você e me alegro
Quando desanimo
Você ergue minha cabeça

Se quero parar no acostamento
Você diz
“Vamos filho, você está quase no fim”
E quando estou perdido
Você é meu mapa

Quando estou doente
Você é meu remédio
e se o caso é grave
Você é meu soro

Se me afogo nas turbulentas ondas da vida
Você é o bote que me salva
Se afundo em depressão
Você mergulha fundo pra me resgatar

Eu não sou nada sem Você
Senhor dono dos mares
És meu oxigênio

Eu não sou nada sem Você
Senhor dono dos ares
És minhas asas

Eu não sou nada sem Você
Senhor dono da terra
És as minhas pernas a caminhar

Deus é parte de mim…

2 comentários sobre “O curandeiro

  1. Eu não sou nem um pouco religioso mas gostei bastante deste texto. Inicialmente achei que estava falando de uma mulher, depois pensei que era da sua mãe e no final percebo que era de Deus que estava falando…

    Confesso que fiquei até um pouco frustrado… 🙂

    Mesmo assim, curti!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.