Ponto de vista

Pode ser que eu esteja errado
mas amores impossíveis não são pecados
pecador é o tolo que não acreditou no coração

Pois quem ama mesmo não desiste
tem convicção no peito que arde
a verdadeira maldade
não vem daquele que inveja
mas do alvo que permite
que a flecha o acerte

Pode ser que eu esteja errado
mas a flor que na primavera desabrocha
agüentou feito uma rocha
todos os espinhos que a impedia de abrir

E se floresceu uma vez no ano
foi com o calor da persistência
que a vi ressurgir

Nem sempre tudo que machuca
vem de quem odeia
mas o seu ódio por tal pessoa
é tanto que esse sentimento
arde na sua veia

O problema não é de quem atrapalha
a sua felicidade
mas da sua convicção de que isso
possa ser verdade

Mas o sorriso de paz pode ser falso
a pessoa em quem você tanto confia
pode trazer na mão estendida
a arma do assalto

Nem tudo que parece é
nem toda brisa leve
é sinal de vendaval
Nem toda música é marcha de carnaval

A jóia mais cara nem sempre é a mais bonita
pode um brinco de lata ser a chave que desata
os segredos da menina

Porque sinceridade não se compra
e não há mapa que a encontre
pode estar nas janelas da alma
ou na boca que te consome

O amor que te leva ao paraíso
num escorregão imprevisto some
e o homem que jurou amor eterno
tem pesadelos ao anoitecer
porque escolheu a pessoa errada
pra conviver

Dois lados da mesma situação
enquanto um dia você chora de emoção
noutro clama por perdão

Dois lados da mesma situação
o amor que te aquece
outro dia te esquece
e mesmo que você peça que regresse
já estará preso à traição

São dois lados opostos
um passo em falso
e será obrigado à rendição

Uma aposta contínua
isso é viver
você nunca saberá aonde vai dar
o caminho que escolher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.