Sol cinza

Se você fica chorando pelo meu erro
e briga com seu coração pela indecisão
de saber que não presto, mas que me ama,
é porque você me corresponde

Não adianta castigar o travesseiro
você não vai conseguir dormir direito
toda vez que o sono chegar
você vai sonhar comigo

Porque eu não sou seu amigo
não aceito tudo o que você diz
eu erro e não adianta fingir
que não vê a imperfeição
sou o dono do seu pesadelo
mas sua total perdição

Apesar dos meus tropeços
e de me odiar de qualquer jeito
o amor é maior do que tudo que eu faça
verdadeiro tormento no seu peito

Entre soluços você não me esquece
as lágrimas queimam os lábios
dos meus antigos beijos

Você se tortura
por estar cercada
em não poder controlar
a sensação de que também errou
por se perder por mim

Se sente suja por se entregar
mas admite que eu te dei
tudo o que você desejou
e o ódio é inevitável
por saber que a luz
do seu sol apagou

3 comentários sobre “Sol cinza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.