Jaleco branco

Quero brincar de cientista
colocar sangue no vidrinho
e girá-lo olhando-o de frente

Quero juntar esperma e suor
colocar em fogo alto
e deixar queimar o amor

Quero juntar sujeiras e pele velha
congelar o passado da minha vida
tomando a coragem do futuro que se faz solução

Quero juntar futuras químicas na expectativa
de uma vida ainda melhor
usar jaleco branco para seguir em frente, limpo

Quero juntar experiências de outras pessoas
junto com meus conceitos de vida, a verdadeira ciência
e encontrar por acidente a fómula da felicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.