Um dia de chuva

Vem que eu quero dizer
o quanto te quero bem
aproxima seu coração do meu
chora toda a sua dor

Diga-me o que sente
vem e não mente
eu sei que você sofre

Entenda de uma vez por todas
que o meu amor não é a toa
e se eu digo para você desabafar
é porque o mar está secando,
preciso das suas lágrimas pra desaguar

Rio da vida quando a vida ri de mim
chora que outra hora, a lágrima que caiu no chão,
vai para nas nuvens morar
e então, na tentativa de ressussitar,
cairá sobre as nossas cabeças

A mesma água te vi um dia derramar
hoje cai em meio aos nossos beijos
é a chuva que nos molha
mas a gente não se importa em nos amaro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.