Correntes

Como pôde ao homem ter se dado o direito de escravizar outros homens
de humilhar pelo intelecto e fisicamente com correntes e cadeados outro ser igual a si?
Como pôde ao homem privar outros de viver e usufruir de forma própria
o seu corpo e sua mente que são livres?

Quem ou o que dá às pessoas o poder de se sentir
o soberano, o supremo, se todos são da mesma natureza?

Como eu posso indagar o passado, se no presente
também se priva a mente e o intelecto?

É certo que não se usa mais a força bruta,
a raça, o estado do ser, sua posição social
ou a família que ele tenha vindo a ter

Mas hoje, não sejamos hipócritas,
usa-se a mente para privar a mente,
por correntes de pensamento,
uma batalha de conhecimento
convencimento, força cerebral…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.