Liquidação infantil

Vendo uma vida nova
recem lançada de um ventre infiel
à prostituta dona

Um erro na cama e teve que parar
licença maternidade é prejuizo
mas a barriga foi arma de sedução

Enquanto dava, continuava seus trabalhos
invadindo a morada da criança toda madrugada

Até que enfim não quiseram deitar mais
tinham nojo do ventre volumoso
uma vez que ela se despia

Vende-se o intruso de minhas entranhas
Se achar que menino vale algo, de-me
senao, pode levar assim mesmo
liquidação infantil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.