Mulher de trinta

Preciso de um dia de trinta horas
para levar os filhos na escola
arrumar a casa, ajeitar a comida
lavar a casa e arrumar a cozinha

Preciso de um dia de trinta horas
para ir ao supermercado, catar os pedaços
de trabalho inacabos, e terminar antes de dormir
e ainda cantar para as crianças dormirem
dormir para descansar o espirito
alem de saciar o vício carnal do marido

Ancorar telejornal do maior veiculo nacional
redigir oitocentas laudas de minha reportagem
dar um ok para a arte final, olhar para a camera
no boa noite capital, sorrir às 21:15 em ponto

E de volta para casa, pagar contas
ouvindo música no carro a 80 km/h
para ver se chego a tempo de preparar o jantar

E se eu falhar, trinta horas ininterruptas de reclamação
mesmo se o meu tempo ociosa for de dois segundos na programação
e, por fim, o meu descuido vai vazar na internet
e, um segundo, destruirá horas e horas em cadeia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.