Pilares do Saber

Como migalhas de pão que joão jogou ao caminho
eu quero encontrar a trilha de minhas palavras lançadas ao vento
e nesse encantamento notar que eu comecei pelo chão

Já crescido, lançava ao miolo das flores, mais amadurecido
derramava na copa das árvores minha intuição
e hoje, de cabelos grisalhos, sei mais do que ninguém
não sou um sábio, tenho muito o que aprender
faltou-me lançar poesia aos céus

Se isso me entristece? Jamais, eu lhe respondo
sou um velho manipulador de sentimentos, de palavras
mas não poderei me lançar aos céus sem galgar os pilares do saber

———————————————————

Pelo primeiro ano do blog Aprazível Irreprochidez de Gustavo Stresser Costa. Por saber que o crescimento de um ser humano não se contabiliza pelas conquistas individuais, por acreditar na palavra como conselheira da alma, e por perceber que somos muitos em busca de um único objetivo maior, eu celebro com entusiasmo a sua caminhada ainda tímida que se inicia em busca de sua felicidade, além de ser fonte auxiliar para a dos seus próximos.

Felicitações em nome do blog Pensamentos,
Jefferson de Souza Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.