AIDS

Uma hora eu paro lá na esquina
rodo bolsinha, ganho uns trocados
abaixo a calcinha, caio no conto do vigário

Mas se eu for para a esquina,
rodar a bolsinha, tirar a calcinha
e cair no conto do vigário

E se eu voltar pra você, ainda te chamo de otário
porque perdi a calcinha, perdi o dinheiro
mas antes de perder o namorado, eu te passei AIDS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.