Cheiro de fumaça

Pergunto aos outros quando você vem
quando você volta para perto de mim…
Olha, que de saudade assim eu não aguento
e eu não suporto esse tormento de te ver distante

Estão destruindo a nossa casa, volta para a sua causa!
Volte para perto mim, proteja-me!
Preciso de coragem, preciso de saída
preciso da felina enfurecida que habita dentro de ti!

Volte para casa, venha cuidar do nosso jardim
que as nossas flores estão morrendo
nossos pássaros não voltam mais
volta para arrumar esse bagunça,
essa bagunça que está queimando
sinta o cheiro da fumaça

O cheiro do seu perfume deu lugar às brasas,
às brasas de incenso e cigarro dos desesperados
que não sabem como agir..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.