Assim

Assim meu verso calado pra você meu amado, assim meu verso
Assim te amo, assim mudo, sem nenhum motivo, um mundo,
meu mundo é você pra descobrir, pra desvendar

Assim, não dá pra falar que meu encanto é um tanto acanhado,
e meu canto tímido, encabulado só pra você!

Assim declaro meu sentimento, em canção que vem ao vento,
é-me um talento, admito, mas admiro mais em você essa possibilidade,
essa sua parte de tirar de mim, assim, palavra por palavra como quem tece,
assim, como quem costura um manto, o nosso instrumento de calor,
esses nossos momentos para se fazer pensar que, ah!

É o nosso frio, juntos, que me aquece….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.