Sinais passionais

Esqueça as minhas ligações na caixa postal
finja mesmo que eu nunca lhe procurei;
Apague todos os e-mails que mandei
pois eu sei que não, você não leu nenhum;

Esqueça até das cartas que eu tive o trabalho de postar
afinal, quem usa correio quando se tem um número pra ligar?
Não olhe sequer a fachada do seu prédio
nem leia os cartazes que coloquei apontando os seus méritos…

Por atingir o meu coração
por tomar conta do meu pensamento
por me fazer esquecer o que são horas
quando você não está por perto

Esqueça que me apaixonei
e que você não tem compromisso
e me desculpe, não se culpe,
fui eu quem errei, meu caro

Fui eu quem se vendeu barato
fui eu quem se doou sem pensar
fui eu quem se iludiu com o errado
fui eu quem esperou demais

Ao menos me deixe em paz agora
não precisa me consolar só…
Só porque soube pelos outros
que estou sofrendo por você

E não precisa nem dizer
que não sabia o quanto eu te quis
Ora, que declaração infeliz
depois de tantas declarações de amor!

Ora, quer que eu acredite que você
não pôde ver tantos e tantos sinais de amor?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.