Oferenda

Oia pra você, menino
seu lindo sorriso
seu encanto divino
oia pra você, ome

Nota a sua graça, diacho
que parece oferenda
fruto de despacho
para atazanar meu coração

Caboclo, louco, menino preto
uruca do destino, vício de cigarro,
tal qual tabaco mal fumado,
meu coração maltratado
inventou-se de se apaixonar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.