Sou lâmpada

Senhor, eu que sou pequeno
mesmo que o mundo me exalte,
sei que não sou nada sem sua orientação…

É sob seus olhos que eu quero ser guardado,
sob Sua benção, é do Seu prazer que minha alma quer beber,
nas Suas águas navegar, pelo farol do Seu conselho me dirigir

Senhor, eu que sou tão pequeno,
espelho quebrado sem Você…
Eu que não mereço nenhum elogio,
nenhuma palavra de gratidão,
eu não faço nada…

Senhor, me faça ponte da Sua missão,
me usa como instrumento, coloca Sua mão em mim,
me guia, me molda, consola meu coração, expande
com perfeição o Seu amor supremo

É por isso que me faço pequeno
porque carne nenhuma, em momento algum
tem a capacidade de receber tamanha carga
desse amor infinito que vem com o Seu santo nome

É por isso que sou apenas pequena lâmpada,
que acende para ascender em manifestação da Sua ação…

Não sou eu quem brilha, só estou a frente da Sua conduta,
como a lua a frente do sol, que sem a Sua presença escurece
em um eclipse total de perdição….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.