Vida e rima

Eu sei que você não pensa em mim o tanto quanto eu gostaria
E parece piada tanta ironia, mas colocar nas poesias
tanto eu e tanto você é só pra dizer que só aqui somos próximos

Mas eu sinto que eu preciso cessar tudo o que me é revelado
de contar a você tudo o que me é planejado nessa vida
E por mais que as rimas queiram desobedecer a espiritualidade
não há como fugir dessa verdade por maior que seja o medo,
por maior que seja o receio da vaidade

Eu preciso é dizer a você que eu vou parar de dizer a você
todas as verdades com as minúcias da caridade de quem quer
dividir as responsabilidades de uma missão pessoal

E por mais que eu tente e insista em abrir os seus olhos
a venda que tapa o seu íntimo é muito mais intensa
que o meu mínimo capricho de lhe puxar para a realidade
que a todos cerca e que a todos move à deriva da morte
capaz de transpassar o seu nome para outra vida e rima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.