Percebido

Eu ainda choro a menor possibilidade
de você saber que eu existo…
Mesmo quando tranco todos os meus sentimentos
você vem e não pede chave alguma ao meu coração

Você tem essa mania sufocante de me driblar;
Caem por terra todas as minhas armadilhas,
todas as minhas defesas de não pensar em você

E agora que você por um segundo pensou em mim,
depois de tanto a minha alma pedir,
o meu coração não resiste…

Ele transborda em lágrimas descontroladas
e os meus olhos ardem,
pois juraram não chorar mais assim

E todas os juramentos se perderam,
toda a raiva foi pelo ralo,
todo o rancor foi sendo carregado
pelo amor

Por um segundo, você pensou em mim
e no mesmo instante eu tive a certeza,
pela primeira vez não me foi uma ilusão, um pedido;
Uma intuição me falou mais alto!

E isso me assusta, me apavora demais
porque eu nunca pensei que você fosse capaz
de me ver no meio da multidão…

E minha alma aplaude à felicidade,
e a felicidade me transforma,
me transborda nos olhos
se você me percebe…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.