História

A semente do livro foi plantada,
coisa rara esse meu pensamento
quero tratar de amor em história,
um romance, a ideia vem crescendo…

Versos breves de quem vai se arriscar
pelas linhas corridas, pelos parágrafos,
um dia, quem sabe, as minhas palavras
dispostas de outra forma também não encantem…

Agora não há pressa,
cobrança do tempo, não interessa
vou aprofundando esse desejo,
começando pelo lampejo de como
almejo fazer isso de forma inovadora

Seis anos se passaram
meu pensamento é quase automatizado,
construo versos até falando,
mudança de hábito vem se ajeitando

Preciso ceder, uma vez na vida
fui vencido pelos meus poemas
seria hora de férias ao poeta?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.