Tríade da amizade

Para Jéssica Simões, amiga em comum com Ronaldo Costa, nosso querido Cariúcho!

————————–

Desculpe as armações
vou fugir do óbvio, limões
Olho pro céu, eu vejo, constelações

Sei que é uma estrela especial na palma das mãos
de um amigo que gosto
sem definições

Por momentos, complicações,
por contradições do destino
eu não encontrei você nos vagões

Divagações da vida,
sei que a rima sofre oscilações,
mas é para demonstrar
outras derivações

Apaixonado pela vida, poesia
sem prisões para dar liberdade
provisória à amiga Simões…

Não carece de preocupações
pelos outros por suas vagas opiniões

Senta aqui do nosso lado,
que a viagem está completa,
A tríade da amizade sem alucinações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.