Poema calado

Um poema
para a vida,
poema, minha querida,
para a tardia
reserva do ser

Um poema
calado, frio,
sereno, direto
quase oração,
encontro d’alma
com a ação, corpo

Um poema
no começo
no fim,
de mim,
um poema,
sempre

Para refletir,
um poema, um poema
delicado, pausado
e um poema, um poema
para juntar observação

Eu faço poema, poema
disfarce, que disfarce,
o que não cabe no poema,
o poema que se cale
no muito que ainda há de ser dito…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.