Tempos modernos pra quê?

Às vezes eu paro da caminhada corrida,
dessa ilusão dos nossos dias,
dessas promessas malditas que insistem em me oferecer.
Volto ao passado por breves momentos,
pra minha infância sem maldades,
minhas árvores que ficavam perto de casa e que hoje já não existem mais,
para as brincadeiras simples de rua onde ficávamos até tarde num longo papo…
Engraçado não podermos mais fazer o que fazíamos quando pequenos…
Os anos passaram,
os tempos mudaram,
as brincadeiras já não são mais as mesmas,
as conversas já não são mais as mesmas,
a vida já não é mais a mesma…
Ah… Como os tempos mudaram…
E quanto mais se sabe hoje em dia, menos se tem daquela boa vida de antigamente, quando podíamos viver sem medo,
sem receio, sem nos enjaular em nossas próprias casas com medo de viver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.