Ao bater da porta

Acho mesmo que devo ir embora
as circunstancias agora me mostram
coisas importantes que não via antes
os meus olhos estão abertos

Vou abrir a porta e sair
por favor, não me siga
não preciso mais entender
seus argumentos, seu parecer

Vou abrir a porta e sair
cansei dessa máscara,
dessa brincadeira sem graça
de amar quem não me quer

Vou sair por aquela porta
e antes que a hora bata e desperte
o relógio inerte de seus pensamentos
que não entedem minha decisão

Eu vou bater essa porta
tão friamente, apenas virando as costas
como você um dia negou meu coração aberto
e o fechou completamente

Um comentário sobre “Ao bater da porta

  1. Tão lindo e tão triste… mas dotado de sentimento e desabafo.
    Te entendo per-fei-ta-men-te!rs

    Mas pense bem: enquanto uma porta se fecha outra se abre!
    E o período de luto é necessário para cuidarmos um pouco mais da gente 😉

    Saudações da Lua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.