Antecedentes ancestrais

Tudo que me antecede,
a sede, aceite, a prece,
o peso, o sofrimento, a tese,
a dúvida, a culpa, a pele,
os momentos, os risos,
a antiga plebe,
os meus antepassados,
arcaicos, velhos vermes,
aqueles que não entendiam
nada de nada do que acontece,
tudo que me antecede,
a ferida aberta, a dúvida,
aquilo que padece,
o que eu não consegui esquecer,
a febre, o amor perdido,
o que ficou vivo, mesmo morto,
o conforto que não acoberta,
a cobiça, a angústia, a moléstia,
a mordomia, a modéstia,
o alvo que não se acerta,
vida pacata e incompleta,
o sonho, o ano que passa depressa,
o suor que pingou da testa,
a minha história contada como quimera,
tudo que me antecede, aquilo que você desconhece,
padece no seu julgamento, no preconceito,
na palavra que rasga a fresta do tempo
e leva a lágrima a refletir algo antigo,
precede do amigo que você hoje tem,
que fortalecido está hoje
porque sobreviveu ao açoite do tempo,
e aceitou o respeito da vida,
antecessora de outras vidas,
vivas, ainda, dentro de mim

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.