Ponte defeituosa

Não se preocupe se não leu todo o livro
O que importa mais é o último capítulo

Não se importe se o tempo parece ser curto
o que conta mesmo é o que você fará
com seus últimos segundos

Não se importe se correu os quarenta quilômetros
de uma maratona com passos largos.
O que importa mesmo são os últimos
dez e pequenos últimos passos

Fique calmo se durante a viagem
não viu todas as paisagens.
O que importa é chegar ao destino

Nem sempre os detalhes são importantes
talvez hoje não faça diferença
mas são pequenos detalhes
que formam a ponte
as cordas que sustentam
você, ponte defeituosa

Um comentário sobre “Ponte defeituosa

  1. Oi, Jeff! Bem, primeiramente quero parabenizar pelo layout do Blog, o novo estilo tá ótimo! E, claro, pelo poema, bem feito e expressivo. É verdade, nem sempre é bom prestar atenção aos detalhes, mas, não enquanto não tiver acabado…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.