Que comece de novo…

Caminhou pelo meu corpo
com suas mãos tremulas,
sem direção, vasculhou
ia e vinha mais de uma vez
numa velocidade fogosa

Pegou minhas mãos passou nas dela
queria que meu coração pertence somente a ela
caminhou os seus sentidos na busca da minha boca
sua respiração acelerou
pensei que estava louca

Não tive como resistir
me entreguei naquele beijo
não tinha pra onde fugir,
e nem queria, era também meu desejo

Sugou meus lábios
roubou minha saliva
não sei o que ela queria
só sei que ela me possuía

Parte de mim nela agora corria
por entre seu corpo circulava
parte da minha energia

Só espero que ela não enxergue
o pensamento que eu sempre desejei
tê-la em meus braços, caminhando no meu corpo
me deixando louco de desejo,
querendo começar tudo de novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.