Pedra do passado

Que bom ter você aqui hoje
faz tempo, eu esperava por isso
foram alguns anos se passando
mas no fim de tudo eu ainda ansiava
retorno

Passei por verões frios
e outonos coloridos
primavera sem flores
invernos sem abrigo

Procurei as velhas cartas trocadas
pedaços de papel com carinho extinto
vi minha única forma de calor
num triste passado, vazio

Era nossa forma de romance
tão juvenil e tão precoce
que na primeira pedra pela frente
mudou nosso caminho

Ah que pena nossa insegurança
de por cima da pedra não ter passado
que triste ignorancia
termos ido cada um para um lado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.