Rita

Rita tu que és sensata
venha cá e me arrasta para o teu leito
mostra-me com tua experiencia
que o teu seio não só amamentou
mas que com o passar do tempo
esse teu argumento sedutor,
perdoe meu abuso,
também ampliou meu apetite por ti

Rita que de rima se fez
diga-me se é insensatez essa declaração
diga-me se o dono do teu coração tem idade pre-definida
porque se permite, minha jovem senhorita,
essa tua adrenalina de anos a fio
encanta-me desde que eu venho do berço…

2 comentários sobre “Rita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.