Um Deus de novo

Mais que feliz ano novo
eu quero um novo ser
porque esse que viveu
não soube dar valor ao viver

Foram tantas tragédias
foram tantos horrores
em todas as noções
os mesmos temores
eu quero saber só uma coisa

Eu quero saber se ano novo
representa recomeço
porque se for do mesmo jeito
eu não quero reviver

Se for pra virar a página do calendário
deixa eu te dizer uma coisa

Sangue eu não quero ver mais
não quero saber de filho matando pai
ou o avesso, não quero que se repita

Não quero viver a agonia de novo
ver o desespero na cara desse povo sofrido
que perdeu tudo, já não tem seu abrigo

Eu quero, sim, é um Deus novo
Meu Deus de novo, quero um ano
mais caloroso

Não desejo o calor da arma de fogo
Não quero o olho do furacão

Eu só peço um pouco mais de compaixão
pelo seu próprio irmão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.