Bala perdida

bala_perdida

Se eu morresse hoje, jovem com tanto a viver,
aposto que muitos iriam chorar, como típica imagem
na televisão a revelar um menino assassinado
por bala perdida, perdeu a vida enquanto bebia
na esquina, com os amigos, no bar

Por certo que a vida não tem preço
mas as imagens que venderiam
de minha família a se descabelar
pedindo justiça, eu não minto,
valeria muito pra quem ficar…

Se eu tiver sorte posso ser notícia-flexe
do jornal das nove a anunciar
um jovem foi baleado na noite dessa quarta
bala perdida, reflita, se uma vida
pode ser tirada assim tão repentina
pela marginalidade incontrolável
incontestável que passa por cima das autoridades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.