Pacto nupicial

Aproximou-se do templo
o vento tremia o tempo
as pernas balançavam
o coração nao batia mais
(era tão acelerado,
já não podia mais distinguir suas vibrações)

Aproximou-se dos portões
(portões? estaria ela no céu?)
com sua veste trabalhada
com seus cabelos escovados
com a beleza ao ápice naquele dia
ela sorria, e se pudesse ver sua magia no espelho
se autoconfundiria com um anjo

Entrava a canção de boas-vindas
a cada passo não se cabia em si
todos ali naquele espaço a esperavam
ansiavam pela presença
da divina, do anjo-menina
que abençoaria os dias
de um soldado de Deus

Assim os príncipes
na união angelical
seriam rei e rainha
e a posse seria consumada
noutro dia

Veio então
passo após passo
a igreja ruia
o palco da festa pronto
chegava àquele ponto
palavras trocadas
amadas e abençoadas
e pronto

Aplausos se faziam tanto
que os Deuses certamente
ouviram o acalanto
na troca de olhares
e os mares, ah os mares!
secaram por um momento
no beijo em que dois mundos se uniam
ondas iam e viam trazendo
ondas e mais ondas de paixão…

Rio de luz

Você é luz, controle
direção, caminho
trilha na selva da vida
entre árvores tremendas
que as folhas impedem
a passagem do sol,
na escuridão total
eis você

Um rio: das suas águas bebo
doces palavras refrescam
e acalantam, antídoto
para as serpentes
da flresta,
da mata fechada
perigosa

Você é o canto
da mais colorida
da mais serena ave
que com sua voz suave
corta os ares com suas asas

E de manhã se faz bom dia
benvindo ao novo amanhecer
com a passagem lenta das suas águas
faz-se despertador simples
ao mesmo tempo necessário

E com o passar das horas
quando começo a fugir
da sua sabedoria
a sede dá um nó na garganta
não adianta tentar desviar
do seu lado devo ficar
nos seus afluentes de energia
desaguar para da paz em abundancia
ser feliz

Soldado de Deus

Pranto em Deus, tanta emoção
a palavra invadindo, arrebatando
as maldades desse mundo
não me farão mais confuso
a minha estrada não tem caminho torto

Sou a canção de louvor
sou a lágrima de confiança
sou aceitação das melhorias

Ele propõe, o tempo age
Ele ordena, o tempo age
Ele perdoa, o tempo aceita

Ninguém me fere, Deus aqui está
e eu trabalho em prol Dele
sua obra concretizarei
sou instruido a vencer
conquistarei seu coração
em nome da salvação
em Cristo, rei

São guerras prontas
lutarei no exército do Pai
vencerei e pela compaixão
conquistarei uma vida melhor
para ti, irmão

Quartos escuros

Quartos escuros
portas trancadas
janelas fechadas
não se vê luz
não se vê nada
não se tem velas

Desespero, ninguém lhe ouve
fobia, não há ajuda
ninguém passa, socorro
gritos não se escutam

Chore no canto,
com o rosto entre os joelhos
cai lágrima, cintila um pouco
veja um fio de luz através dela

E de repente, Deus está diante
nos olhos, agora brilhantes,
a chave da escuridão

Luz se quis, com fé conquistou
o resgate chegou, és mais feliz
não pelo pedido atendido
mas sim, pelo anjo que não lhe deixará mais
sozinho num quarto escuro