Passado melancólico

Sou a lágrima salgada nos seus seios a cair
Sou a tentação mesmo sabendo da desgraça de ser assim
Sou o doce aroma da sua pele cheirosa
que você dengosa, saboreia antes de dormir

Sou a paixão que dói no peito
o amor inabalável dos anos derradeiros
que você insiste em melancolia
relembrar as nossas fantasias juvenis

Sou a sensação de vazio a incomodar
o pensamento viajante que assola
sou motivo de insonia a te degastar
Sou a canção da novela ao deleitar
o seu coração triste a pulsar

Sou a emoção de um dia me ter de volta
ao satisfazer seus sonhos que não deixaram
de seduzir a sua mente,
mesmo quando nos separamos sem motivo decente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.