Macarrão com queijo

Gostoso e grudento
o molho, venenoso
que apetitoso, repeti

Se foi gafe levantar o garfo
mais e mais e mais uma vez
não quis saber

Conversavamos e comíamos
comíamos conversando
quando o grude por engano
sem perceber, o ousado e suculento
em seu seio quis um novo acompanhamento

E meus olhos indiscretos, focados em ti
o macarrão deixei esfriar e lhe aqueci de desejo
que esperta e avançada não retirou o alimento que comi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.