O carteiro

Poesia

Minha amiga que cruza as pernas
que arruma o cabelo, que pinta as unhas

Poesia

Que se maqueia, escova os cabelos e sob o salto
de minha alma, que é um palco para a arte

Poesia

Que veste a camisa e a abotoa.
que calça o sapato e penteia os cabelos

Poesia

Que se perfumam, que pede conselhos aos amigos
que são inseguros, nas icógnatas um do outro

Poesia

Que me cabe a fobia de ser humano
de ser homem, mulher ou a natureza

Poesia

Que me faz oceano e animal,
um passáro a alçar o céu

Poesia

Minha sendo de alguém, ou de alguma coisa
na edificante profissão: Carteiro de sentimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.