Estado melhor

Nem tudo eu consigo dizer,
escrever nem sempre é fácil,
o que eu sinto agora
não quer mais ficar guardado,
é uma questão de ação

O que eu preciso dizer e não falo,
talvez não cabe a mim,
nem cabe em mim,
mas vou transmitir mesmo assim

Nos meus olhos algo quer viver,
transbordar para você saber
que ainda existe, é o que me toca

Sinto um rio vazando
é minha alma transbordando amor,
pois foi capaz de perceber
quanto uma mãe quer bem ao filho

Eu sei que dentro das possibilidades,
o que foi me dado é apenas amostra grátis,
dada as circunstâncias de não ser também mulher.

Mas o que vem soprando em meu íntimo
eu só consigo descrever o mínimo…
Essa água não saiu de mim ainda

É a delícia da vida sendo posta em meus pensamentos,
é a capacidade de perceber o amor que vem de dentro,
capaz de passar no cristalino aquilo que é cristalino
por si só: Um amor de mãe veio me visitar para demonstrar
que não morre no pó, e pede que se entenda, que apesar de em outra esfera,
tem estado melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.