Separados

O bem e o mal não existem
por que vocês insistem
nesses dois polos?

Sorte ou azar,
vida ou morte
já não dá mais
para acreditar
em duas metades

Chega de dividir
o amor não é assim,
não dá pra separar

Quem inventou o corte
desferiu um golpe ao todo
acreditando que a manipulação
evidente convenceria até os
descrentes dessa ficção

Por que aceitar apenas
um lado dos fatos
se os atos são um só?

Quem colheu para o bem?
quem plantou para o mal?
Quem recebeu o sinal
de um dos lados?

Há escolha, por quê?
Por que temos que defender
um lado da razão?

Poupem-se de batalhas mentais
isso não dá mais pra acontecer
é pedir pra permanecer parado
quando o mundo de fato já não
pede mais um vencedor

Nunca houve nenhum derrotado, por favor!
Não busquem condenados, esse jogo acabou!
Não teimem em metades que se completam
quem foi que separou?

Junta de novo, retorna à totalidade
não existe maldade nem o inverso
não precisam abrir mão de uma coisa ou d’outra
que coisa louca, viver não cabe na caixa da mente,
chega de guardar tudo em recortes, acordem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.