Amor ao ser humano

Meus irmãos,
vamos seguir em frente
porque há muito o que fazer,
há tantos a ajudar,
não podemos perder tempo

Temos, mais uma vez,
que insistir no estado de graça,
na paz entre os homens,
é o que mundo pede

Um momento de tolerância,
um pouquinho por dia,
o exercício da convivência,
o minuto da vida sadia,
eu peço a cada um de vocês

Ele é apenas o meu intermédio,
meu material de comunicação,
o bem que quero a ele,
meu interlocutor,
quero a vocês também,
companheiros…

Compulsividade de paz,
canal do amor,
estejam sempre disponíveis,
é isso que nós queremos

A porta entre os mundos se abriu,
transitem entre o aqui e o lá,
venham visitar o seu lar,
o seu ser interior.

Amor por todos,
isso expande,
isso nos une,
isso nos comove,
nos consome,
impulsiona!

Saiam da zona do tédio,
saiam da inércia,
movam-se no sentido do progresso,
peço, prego e proclamo,
amor ao ser humano!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.