Swing da Bahia

Vem, vem amor,
sente o calor
do swing da Bahia,
essa música contagia
e é alegria.

Essa música linda não é fantasia,
dá garra, inspira, faz tremer,
faz com que se esqueça do mundo
e caia na dança.

Então amor, vem, vem balança,
esqueça de tudo, de tudo e anda,
corre atrás do trio,
que isso aqui vale por mil.

Problemas pra que?
você está na Bahia,
onde o sofrimento não reina
e a alegria faz moradia.

Hoje você foge, mas um dia não me escapa

Desejo seu corpo todo,
sou louco por você,
quero te ter,
quero te fazer mulher.

Eu sei que você é tímida
mas seja minha
que você vai ver
o que não é ser
uma qualquer…

Será especial
pois é anormal
o que eu sinto…

Eu não minto,
você pode não querer,
mas um dia eu vou te ter.

Desejo só você,
é você que eu quero,
é você que eu almejo
e um beijo seu um dia hei de ter.

Foge, foge agora,
mas algum dia,
em qualquer hora,
numa nova aurora,
eu vou ser
o marido que você sempre quis ter.

Mulher pequena

Seu rosto é pequeno,
seu corpo tem veneno
de mulher pequena,
és foguenta,
mulher morena
deixa louco
homem cheio de desejo.

Vem e encanta,
fascina e guia
minhas mãos
por um corpo de tentação.

Faz palpitar esse coração
mulher pequena,
seja ingênua
porque adoro mulher fingida.

Finge ser pequena mesmo
mulher morena,
seja pacata
que eu quero acreditar
que és pequena
essa alma imensa.

Alegria que contagia

Essa sua magia me anima,
encanta e contagia,
derruba a agonia
e o sofrimento.

É tamanha a sua energia,
que vibra e guia
multidões na avenida.

Esquece os problemas
e cai na dança,
canta, canta,
e mata o que atormenta.

Pula, sai do chão,
vem junto com a multidão,
aquecer o coração
que a solução
só vem com alegria.