Versinho noturno

Poupe-me o pouco de beleza que ainda me resta
Não preciso dizer, – pare de graça -, não é necessário,
de forma alguma, qualquer tipo de confirmação pelo que sinto

Aliás, não me pergunte mais nada sobre isso;
Faça por onde merecer as minhas palavras
e os meus sentires, mesmo os tristes;

Sou apenas o reflexo do que você demonstra;
Todo sentimento meu é espelho do desejo seu
de viver e estar comigo seja lá qual for a intensidade…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.